Reiniciados - Teri Terry

By | 07:05 Leave a Comment




Resenha: As lembranças de Kyla foram apagadas, sua personalidade foi varrida e suas memórias estão perdidas para sempre. Ela foi reiniciada. Kyla pode ter sido uma criminosa e está ganhando uma segunda chance, só que agora ela terá que obedecer as regras. Mas ecos do passado sussurram em sua mente. Alguém está mentindo para ela, e nada é o que parece ser. Em quem Kyla poderá confiar em sua busca pela verdade?



No final das contas, nada disso importa, porque não importa quem eles sejam, tenho de fazê-los gostar de mim.

E venho com um livro que finalmente tive tempo de reler. Lembro de ter lido logo na época do lançamento, mas demorei tanto para conseguir a coleção que tive que reler antes de poder avançar. E ainda bem que fiz isso porque não lembrava de metade das coisas que aconteciam. Então, vamos lá =D

Eu sei, acredite em mim, eu sei como tudo isso é difícil para você. Como é difícil de entender. Mas você precisa aprender a esconder as coisas dentro de você. Ou não durará muito

Seguimos com um enredo que nos joga em uma distopia que vem cheia de mistérios, dúvidas e questionamentos que parecem se responder ao mesmo tempo em que mais perguntas vão surgindo. E, claro, aquela sensação de que algo muito maior está por trás de cada pequena coisinha. Diferente de algumas trilogias que li, a leitura avança em um ritmo moderado e de um jeito simples. Não é um dos livros mais cheios de detalhes e a autora opta por uma escrita bem direta. É todo em primeira pessoa, então seguimos Kyla e todos seus questionamentos sobre si mesma muito claramente.

Você apenas segue em frente, um dia de cada vez. Fica mais fácil após um tempo.

Kyla é uma reiniciada. Isso a faz em uma garota que "ganha" toda uma chance para uma nova vida. Porém, nada vem de graça. Todos os Reiniciados precisam ser monitorados. Para isso, eles possuem um tipo relógio no pulso, chamado de Nivo, que verifica os níveis de felicidade dos mesmos. Na verdade, ele controla as emoções. Portanto, se um reiniciado se sentir triste, assustado, confuso e com raiva, os níveis começam a diminuir demais e levar até a morte se alguma providência não for tomada. Além disso, o governo consegue espalhar algumas pessoas para monitorar qualquer movimento ou ideias suspeitas de reiniciados ou não. E para isso eles usam de agentes, chamados de Lordeiros, que acabam entrando em escolas ou qualquer lugar para levar qualquer um que possa representar um perigo.
Oops.


Me recosto em uma árvore e fecho os olhos. Lá estão os dele: castanhos e quentes. os que se importaram comigo, sem se perguntar quem, ou o quê, eu tinha sido. Será que ele sentiria o mesmo se soubesse da verdade?

Como todo bom livro, a personagem principal é um tanto diferente dos outros, tendo ficado mais tempo no hospital enquanto batalhava com pesadelos muito reais, que foram se mostrando peças muito importantes durante o enredo. E isso a preocupa muito porque os adolescentes só podem ser reiniciados até os 16 anos, sua idade atual. Qualquer problema além disso, bem... não é como se houvesse mais uma chance para ela.

Talvez seja mesmo essa a resposta. Sou uma página em branco. Uma página sem graça.

Como disse antes, o enredo é simples e segue seu próprio ritmo. Isso também vale para o romance que acaba aparecendo. O que é muito bom porque não é nada forçado, nada que acontece como amor a primeira vista apesar de um interesse ser evidenciado bem no começo de tudo. Kyla tem coisas muito importantes e se apaixonar acaba não sendo uma delas, apesar de ela abrir espaço para novos sentimentos. Quero evitar spoilers, então não entrarei muito em detalhes sobre isso.

Ele teve de ser punido por discordar das ações do governo. Fazer o que eles fizeram em frente de todos os alunos foi como gritar em alto e bom som, sem usar palavras: Nós estamos no controle. Podemos fazer o que quisermos. Se fizessem isso em segredo, qual seria a utilidade?

É aquele tipo de distopia que te deixa curiosa e te prende muito. Não posso dizer que entendo todos os personagens, mas muitas surpresas vão acontecendo e mudamos a imagem inicial que tínhamos de muitas pessoas ao longo da trama, e acho isso ótimo.
Então, agora é só aguardar o momento em que poderei ler os outros dois livros da trilogia para entender onde tudo isso vai dar. Para quem procura uma leitura simples, com jeito de thriller... essa é uma ótima escolha, sem dúvida =D

Por que você é uma mente-espiã. Você não é mais seja lá o que você costumava ser. Você não é mais uma pessoa real. É uma espiã do governo que anda e fala, com um chip na cabeça que rastreia tudo o que diz e faz. Você não é de confiança




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: