Cinquenta Tons Mais Escuros (2017)

By | 13:31 2 comments



Sinopse: Incomodada com os hábitos e atitudes de Christian Grey (Jamie Dornan), Anastasia (Dakota Johnson) decide terminar o relacionamento e focar no desenvolvimento de sua carreira. Ele, no entanto, não desiste tão fácil e fica sempre ao seu encalço, insistindo que aceita as regras dela. Tal cortejo acaba funcionando e ela reinicia o relacionamento com o jovem milionário, sendo que, aos poucos, passa a compreender melhor os jogos sexuais que ele tanto aprecia.



Eu sou grande fã dos livros da série 50 tons. Por isso mesmo, assim como no primeiro filme, fui ao cinema com uma grande expectativa. Mas, se no primeiro filme as minhas expectativas foram atendidas, neste não posso dizer o mesmo.



Para quem está familiarizado com os livros da série, o segundo livro é o mais bem desenvolvido, onde a história realmente acontece já que o primeiro funciona mais como uma introdução e o terceiro é completamente desnecessário.  Então, era de se esperar que o segundo filme seguisse essa premissa. Infelizmente, não foi bem isso que aconteceu.



O roteiro agora ficou a cargo do marido da autora (outro ponto que achei que contaria a favor, mas o tiro saiu pela culatra) e em vez de aproveitar o que o livro tem de melhor, ele se perde em muitos pontos, deixando o enredo confuso e com pontas soltas. Realmente não sei se, para quem não leu o livro, o filme funciona.
As cenas acontecem rápidas demais e sem muito aprofundamento, no afã de colocar todas as situações do livro na tela. Deveriam ter opado por cortar algumas coisas irrelevantes e explicar melhor as que realmente interessam: Como o dominador Christian Grey se tornou o homem que conhecemos no primeiro filme e como ele está disposto a mudar por amor a Anastácia.




As cenas sensuais estão aquém do primeiro filme, que, para grande parte do público, já tinha deixado a desejar. O rala e rola acontece com mais frequência, mas assim como nas outras cenas, tudo é muito rápido e acaba quando a gente está começando a se empolgar. E o que dizer do Jamie Dornan vestido na maioria delas? A sala de cinema em peso querendo ver o os dotes Sr. Grey e tirando duas cenas (rápidas), todos ficamos só na imaginação mesmo. Pelo menos o clima de romance compensa. É um ponto alto do filme. Os atores estão melhor entrosados e a química, que no primeiro estava meio entrevada, deu uma melhorada aqui. A trilha não ajuda muito também. No primeiro filme estava impecável, neste, são poucos os momentos empolgantes.





Ademais, os novos personagens, assim como todo o enredo, passam quase batido pelo filme, nos deixando com gostinho de quero mais, como a espetacular Kim Basinger como a primeira amante de Grey, Mr. Robinson.

Resta saber o que nos espera no próximo filme, com o iminente casamento de Grey com sua Anastácia.













Juliana   Dantas   –   Leitora   voraz de romances, trabalhou durante anos como livreira em uma grande rede de livrarias, onde teve a oportunidade de se dedicar integralmente à sua grande paixão: os livros. Envolveu-se com a escrita em 2006, de forma amadora, sempre   escrevendo  fanfics   dos   seus   seriados e livros preferidos e compartilhando com outros fãs em diversas plataformas online.   Atualmente continua a trabalhar com livros, como assessora de marketing em uma pequena editora de livros infantis, enquanto, paralelamente, autopublica seus romances na Amazon.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

  1. Eu já não me empolguei mesmo com o primeiro.... Até por não ser meu estilo favorito...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Wellington, tudo bom? Eu (Camila) posso dizer o mesmo. Cheguei a ler o primeiro livro e ok. Vi o primeiro filme e não achei tão ruim quanto falavam. Mas não consegui passar muito do começo do segundo livro. QUero ver o segundo filme para avaliar =D

      Excluir