The Kiss of Deception - Mary E. Pearson

By | 12:40 Leave a Comment



Sinopse: Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro? 

Quando se vê refugiada em um pequeno vilarejo distante o lugar perfeito para recomeçar ela procura ser uma pessoa comum, se estabelecendo como garçonete, e escondendo sua vida de realeza. O que Lia não sabe, ao conhecer dois misteriosos rapazes recém-chegados ao vilarejo, é que um deles é o príncipe que fora abandonado e está desesperadamente à sua procura, e o outro, um assassino frio e sedutor enviado para dar um fim à sua breve vida. Lia se encontrará perante traições e segredos que vão desvendar um novo mundo ao seu redor.

Sim, o titulo é um romance que se passa em um reino medieval fictício, é uma história que poderia ter se passado a muitos anos como poderia ser transcrita para os nossos dias. Temos uma linda princesa que no ar de seus 17 anos se vê entregue as obrigações de casamento, uma jovem empregada que também com 17 não vê motivo para permanecer no palácio e topa a loucura de salvar sua princesa, um jovem príncipe que não quer perder a chance de colocar os olhos naquela que o abandonou na beira do altar e claro um assassino que também é lindo e letal, sempre pronto. Tudo certo? Bom... não. Não está não. Porque com a fuga das duas jovens, o desenlace de vários outros fatos vem fervilhando em uma trama de tirar o folego e o sono do leitor.


"Sim, eu de fato sirvo bem ao reino, exatamente como deveria fazê-lo Vossa Majestade. Afinal de contas, sou um soldado do seu exercito."

A História gira em torno de uma jovem princesa que é mais que esperada para uso como peça chave na resolução dos problemas do reino, mesmo que não caiba bem como tal. Sem nenhum pingo de medo, Lia - a princesa -, além de fugir e levar Paulina consigo, não teme deixar os ares de realeza ao se tornar uma servente em troca de poucos trocados e um teto numa cidadezinha esquecida ainda dentro dos limites do país que seu pai governa. Ela tenta se manter em pé contra ataques cada vez mais frequentes de grupos externos e mercenários. Tudo o que lhe importa é que ela e a amiga estão salvas e com um novo recomeço pronto para ser vivido, e tudo realmente parece calmo até que dois lindos jovens aparecerem para disputarem sua atenção, deixando-a intrigada do porque de tudo aquilo.
Eu virei a cabeça e ouvi o inconfundível som de cascos no chão, pesados e metódicos(...). O diabo havia chegado. E uma estranha parte de mim estava feliz com aquilo.
E como se não bastasse toda essa atenção, ela não consegue apagar da memória o fato de ser responsável por um dom que, apesar de nunca o ter sentido se manifestar, ela sabe que ele existe dentro de si. E por existir é algo que ela precisa abraçar... Ou será que não seria tão necessário assim? É em meio a guerras, sensações de ser vigiada e ataques surpresa que a viagem pelo reino de Morrighan é surpreendente. Este livro me saltou aos olhos desde o titulo até a capa. Quando peguei em mãos a edição final, fiquei mais encantada ainda com os detalhes. É uma obra de arte do inicio ao fim e como eu costumo brincar... é parte do "selo Darkside de qualidade", ou seja, é capa dura, vale o preço sem ser abusivo e o conteúdo é muito bom. E para alegria geral da nação existem muitas chances de recebermos o quanto antes a segunda parte da história, então lá vamos esperar ansiosamente.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: