Maggie – A Transformação (2015)

By | 12:48 Leave a Comment



E vamos lá! Dessa vez temos um filme que é um drama, que tenta passar uma pequena dose de suspense e...apenas isso. Tem zumbi, claro, mas já sabemos que eles podem ser usados de várias maneiras e o filme dirigido por Henry Hobson segue apenas a calma e tentativa de nos emocionar.

Na trama, acompanhamos a vida do fazendeiro Wade, estrelado por Arnold Schwarzenegger, que tem percorrido a cidade atrás da sua filha perdida, Maggie, interpretada por Abigail Breslin. O mesmo a encontra em um hospital, onde é informado que a mesma foi infectada pelo vírus Necroambulist.
Diferente de alguns filmes de zumbis, os policiais conseguem lidar com os infectados, assim como os hospitais, já que o vírus leva um certo tempo para agir, até a pessoa perder total controle de si mesma e se tornar agressiva. Por isso muitos são levados às quarentenas, onde podem ser tratados e vigiados já que o vírus só é transmitido através de uma mordida.



E é aí que o filme tenta seguir o básico e o normal. Maggie tenta continuar sua vida em casa, com sua madrasta Caroline (Joely Richardson), vivendo o que pode, lendo, andando pelo quintal, pensando na vida...enquanto seu corpo continua seguindo com a transformação que ela não pode controlar ou evitar.

O filme é lento. Muito. Passamos por pequenas mudanças que vão acontecendo com a garota e o filme faz isso sem pressa alguma. Na minha opinião, tanto o Arnold quanto Abigail são atores que não cativam totalmente o público, o que me fez não me sentir tão ligada e não me importar muito com o que acontecia, com nenhum deles. Apesar de não cativar, dou alguns pequenos para o Schwarzenegger por interpretar um pai preocupado com sua filha, com um amor enorme e disposto a fazer tudo por ela, mesmo com seu jeito mais frio. E só não ganha mais pontos por ser frio a ponto de se tornar um tanto robótico.



O papel de protagonista poderia ter sido da atriz Chloe Morestz e talvez pudéssemos ter nos apegado um pouco mais. Ou talvez isso seja apenas porque gosto dela =D O enredo em si é um pouco frio e as coisas ficam um tanto impessoais.
Vale deixar como curiosidade que faziam 15 anos desde que Arnold Schwarzenegger foi produtor de um filme.



Um filme que vale a pena ser visto se você busca algo leve, com uma pequena pitada de drama e quer sair do usual de filmes de zumbis com muita ação e sangue eterno (mesmo que esse tenha sua pequena dose de líquido vermelho). Mas vá assistir ciente de que não é nada absurdamente incrível ;D

Para ver o trailer, acessar o LINK
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: