Tales from the Shadowhunter Academy - Cassandra Clare, Sarah Rees Brennan, Maureen Johnson e Robin Wasserman

By | 13:17 Leave a Comment




Sinopse: Simon Lewis foi humano e depois um vampiro e agora está se tornando um Shadowhunter. Os eventos de City of Heavenly Fire resultaram na perda de suas memória e Simon não sabe quem ele é mais. Então, quando a Shadowhunter Academy reabre, ele se joga nesse novo mundo de caçadores de demônios determinado a encontrar a si mesmo novamente.

Mas a Academy é uma instituição de Shadowhunters, o que significa que tem alguns problemas. Como por exemplo o fato que aqueles que não nasceram de uma família Shadowhunter devem viver no portão. Pelo menos Simon tem um treinamento com armas — mesmo que seja de horas jogando Dungeon & Dragons.

Junte-se a Simon em sua jornada para se tornar um Shadowhunter e durante o caminho, aprenda sobre a ilustre história da Academy com palestrantes como Jace Herondale, Tessa Gray e Magnus Bane. Escrito por Cassandra Clare, Sarah Rees Brennan, Maureen Johnson e Robin Wasserman, esses contos hilários e tocantes são perfeitos para os fãs que não se cansam dos Shadowhunters.


Antes de começar, existem SPOILERS DE CIDADE DO FOGO CELESTIAL e toda sua conclusão.

Tales From the Shadowhunter Academy é uma série com dez contos que nossa querida Clare escreveu com alguns outros autores. E o melhor de tudo isso, pela minha humilde opinião é... OS CONTOS SÃO FOCADOS EM SIMON!! Ao menos, a grande maioria é vista pelos olhos desse personagem tão amor!

O começo é bem simples. Simon vai para Idris para começar a frequentar a Shadowhunter Academy para iniciar seu treinamento de se tornar um Caçador de Sombras. Claro que não é uma tarefa fácil, ainda mais quando ele tem que lidar com a perda de memória ao qual foi "presenteado" no último livro de Os Instrumentos Mortais. E isso é apenas aquele detalhe que faz sua relação com todos os personagens de seu passado ser bem difícil. E sim, incluindo Clary e Isabelle.

Aquele que salva uma única vida, é como se salvasse um mundo inteiro.

No resumo, a academia é uma escola para treinar filhos de Caçadores de Sombras e mundanos que tenham potencial para se trasnformar em um filho do anjo. E claro que Simon se mistura com todos, por já ter uma fama de ter salvado o mundo todo (coisa que ele não se lembra), e por ser um ex-vampiro. Simon pode chamar a atenção de muitos por vários motivos, mas fazer parte da escória (jeito nada carinho com que os caçadores de sombras se referem ao mundanos), podem se tornar um problema. Mas, ainda assim ele consegue criar laços com o desenvolver dos contos, ainda mais com seu super fofo colega de quarto, George Lovelace.

Toda decisão que tomar, tome por você. Nunca deixe que outras pessoas escolham quem você será. 


A melhor coisa de tudo isso é notar que o Simon ainda é ele. Com todo seu jeito nerd, irônico e que sabe unir as pessoas da melhorar maneira, mesmo que faça sem querer ou tenha que lutar muito por isso.
Segunda melhor coisa? Temos pequenas continuações com taaantos personagens, que o livro nos ajuda a matar um pouco daquela saudade absurda por Magnus, Alec, Jace, Clary e por ai vai.
Temos desde idas ao passado, conhecendo melhor situações sobre Valentine, até corrermos em locais com personagens das Peças Infernais. Tessa, Jem, Will e suas famílias.
Alguns dos contos não são tão fáceis de ler pois são um tanto lentos e as vezes cansativos, mas o bom é que tudo o que é mostrado tem um por quê ou uma grande explicação para tudo o que irá acontecer.
É uma junção de contos que dá aquela sensação de dois livros em um. Um lado, o presente e o que acontece com Simon, suas decisões, pessoas novas e as antigas que ainda tentam se aproximar, e do outro... um livro com pequenos trechos do passado ou que focam em personagens importantes, como o Magnus.
E o desenvolvimento do Simon, a evolução, seus medos, receios e riscos tomados fazem de tudo algo ainda melhor!!

(...) Aqui está o problema, não sei o que sou. Tenho que descobrir quem sou antes de aceitar que sou alguém que merece alguém como você. Não é algo que posso aceitar só porque já ouvi isso. 


Se você ama tudo o que a autora escreve, sente falta e quer conseguir ler tudo sem ser bombardeado com spoilers, recomendo que tente encontrar o livro digital para ler, assim que possível. Algumas coisas que nos são contadas em Dama da Meia Noite, ficam bem claras e explicadas aqui e eu desejava ter lido antes de tudo, sem dúvida alguma.

Amor, amor verdadeiro, é ver. Conhecer a parte mais feia de alguém e amá-la de qualquer maneira. 


Amo cada vez mais o Simon depois disso.
Porém, opiniões pessoais de lado, é um livro necessário, sim.
Com sorte, a Editora Record irá lançar o quanto antes, já que ao menos sabemos que isso acontecerá.
Como disse, é um complemento bem perfeito e recomendo, sempre!

É difícil acreditar na quantidade de luz que você pode encontrar na escuridão quando tem alguém que te ama. 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: