Angelfall - Fim dos Dias - Susan Ee

By | 14:51 Leave a Comment



Sinopse - Quando o mundo que conhecemos está prestes a ser arrasado, é preciso apostar tudo na redenção.
Os anjos do apocalipse chegaram — e vieram para aterrorizar a humanidade e acabar com o mundo moderno. Gangues de rua tomam conta do dia, enquanto o medo e a superstição dominam a noite. Quando anjos guerreiros sequestram uma menininha indefesa, sua irmã mais velha, Penryn, fará o que for preciso para salvá-la. Até mesmo um acordo com um anjo inimigo. Raffe é um guerreiro caído, que perdeu as asas.
Depois de eras lutando suas próprias batalhas, ele é resgatado de uma situação desesperadora pela jovem Penryn, que concorda em ajudá-lo — desde que ele mostre a ela como encontrar sua irmã. Viajando por um mundo sombrio e perigoso, eles podem contar apenas um com o outro para sobreviver. Juntos, vão em direção à fortaleza dos anjos em San Francisco, onde Penryn arriscará tudo para resgatar sua irmã, e Raffe se colocará à mercê de seus piores inimigos pela chance de voltar a ser inteiro.

Dentre os vários títulos que tratam do assunto apocalipse e mundo pós-apocalíptico esse é um dos mais diferenciados que li nos últimos meses, afinal usa mitologia angelical para retratar tudo e o romance é o menor dos detalhes dessa colcha de retalhos. Anjos não são criaturas amorosas, humanos não passam de peões em um tabuleiro de destruição que se tornou a terra e toda a humanidade está sobre a mira da ira dos alados, e sem razão alguma.

A autora Susan Ee nos apresenta a Penryn, que se divide entre cuidar da irmã mais nova que é cadeirante e a mãe, que sofre de surtos mentais e precisa de medicação e acompanhamento. Então, o fim do mundo bate a porta, gangues tomam as ruas e a unica saída é achar alguma saída. Não existe refúgio do governo que também deixou de exitir e tudo que ela menos espera e deseja é ver os alados tão pessoalmente ou próximos. Infelizmente, ela não tem tanta sorte já que eles resolvem fazer da rua dela um campo de guerra bem na noite da fuga.

"Só que não há como negar que isso aqui é real. Homens com asas. Anjos do Apocalipse. Seres sobrenaturais que pulverizaram o mundo moderno e mataram milhões, talvez bilhões, de pessoas. E aqui está um dos horrores, bem na minha frente." 
Entre ter a irmã sequestrada por um dos anjos e a mãe desaparecer no meio da confusão que os alados causavam ao torturar um deles, ela se vê diante de uma decisão que muda tudo: Salvar a vida de um anjo e ter uma chance de achar a irmã novamente, ou largar ele para gangues de contrabando que tomam as ruas estraçalhando alados e tentar fugir sozinha para achar a irmã e, com sorte, salvar a mãe.

"O mais inteligente a se fazer seria fugir enquanto é tempo. (...) Mas se esse anjo ainda estiver vivo talvez saiba para onde levaram Paige."
A decisão dela não somente vai iniciar uma longa jornada como também a colocará em jogo quanto ao que existiu ao se tratar de anjos e toda a destruição sem causa que assola a humanidade que um dia viveu de tecnologias e hoje se esconde em florestas ou carros a beira de estradas. Esse é o ponto inicial de mais uma saga que vem para mostrar como duas raças diferentes podem destruir uma a outra na mesma medida em que podem se ajudar. 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: