A 5ª Onda (2016)

By | 11:54 Leave a Comment



SINOPSE: A Terra repentinamente sofre uma série de ataques alienígenas. Na primeira onda de ataques, um pulso eletromagnético retira a eletricidade do planeta. Na segunda onda, um tsunami gigantesco mata 40% da população. Na terceira onda, os pássaros passam a transmitir um vírus que mata 97% das pessoas que resistiram aos ataques anteriores. Na quarta onda, os próprios alienígenas se infiltram entre os humanos restantes, espalhando a dúvida entre todos. Com a proximidade cada vez maior da quinta onda, que promete exterminar de vez a raça humana, a adolescente Cassie Sullivan (Chloe Grace Moretz) precisa proteger seu irmão mais novo e descobrir em quem pode confiar.

Ouvir ao som de: 

Sia - Alive




A 5ª Onda é baseado no romance de Rick Yancey, sobre a invasão alienígena que obrigou a jovem Cassie Sullivan (Chloë Grace Moretz) a viajar pelos Estados Unidos atrás de seu irmãozinho Sammy (Zackary Arthur).

Para quem leu e não leu o livro, a adaptação segue bem o estilo de filmes propostos ao público jovem adulto. Dirigido por J. Blakeson, os efeitos do filme nos prendem com todo o clima apocalíptico que surge quando as coisas começam a dar errado e vidas começam a correr perigo. O engraçado é que o filme parece passar por vários gêneros dentro de uma coisa só. Estamos uma hora em algo totalmente voltado para ficção científica, depois caímos em uma clima mais de thriller para depois sermos jogados em um pouco de romance. Romance que eu achei que pecou em excesso, fazendo quase surgir um pequeno trio amoroso, já que o próprio livro não tem esse foco e o único objetivo da personagem é salvar seu irmão.



Mas, graças ao romance, conhecemos um pouco melhor Evan Walker (Alex Roe), que acaba tendo algumas cenas mais de ação e um certo tipo de luta corpo a corpo, coisa que dá uma animada naquelas cenas mais paradas. E sim, rolam algumas cenas que deixam o clima muito tedioso. Eu acho que teria sido melhor dosar e intercalar presente e passado, com flashbacks quebrando a monotonia de cenas em que a personagem principal fica tentando sobreviver sozinha, como o próprio livro se propôs a fazer.

Quanto à atuação da personagem principal, preciso dizer que sempre gostei muito da Chloë, mas de uns tempos para cá alguma coisa em sua atuação me parece forçada, meio fria e vazia, especialmente em algumas cenas dramáticas. E não direi que a culpa é da personagem em si, pois Cassie passa muito sentimento, teimosia e decisão nas páginas dos livros. Alguma coisa faltou ai.
Diferente de Ben Parrish  (Nick Robinson), ou Zumbi, que me trouxe mais energia do que o personagem no livro fez. As cenas com o "exército" e os outros atores acabaram sendo bem trabalhadas, apesar da falta de profundidade na relação que o mesmo tinha com o pequeno Sammy.



No todo, posso dizer que o enredo é bom mas foi trabalhado de maneira estranha. Alguns personagens são jogados na história do nada, sem nos deixar criar aquele real laço para nos preocuparmos ou sentirmos algo mais profundo quando alguma coisa sai muito errada. Ainda sou grande fã do livro e acho que vale arriscar, ainda mais se tudo der certo e uma continuação vier. Alguns podem encontrar qualquer tipo de referência com os últimos filme que envolvam sobrevivência e caos, mas ainda acho que A 5ª Onda consegue se distanciar pelo tema, sim. Não vá ao cinema esperando ver seres verdes e alienígenas estranhos. O filme tem uma proposta totalmente diferente.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: