A Garota Dinamarquesa (2015)

By | 11:14 Leave a Comment



Começamos a história com Lili Elbe sendo o foco, a primeira transsexual a passar por uma operação de mudança de sexo. Depois de algumas desistências da produção com a saída de Nicole Kidman, Gwyneth Paltrow e Charlize Teron, Tom Hooper conseguiu dirigir um filme incrível.



O filme é baseado no livro A Garota Dinamarquesa, de David Ebershoff e se passa na década de 20.
Temos o casal Einar e Gerda, ambos pintores. Einar tem como estilo pintar paisagens e tem uma carreira de sucesso enquanto sua esposa, Gerda, faz retratos e tenta conquistar seu espaço. E é a partir dai que tudo começa, com Gerda solicitando a ajuda de Einar para posar com algumas roupas femininas com o intuito de ajudá-la a terminar um de seus quadros. Isso desperta todo um desejo que Einar nem sabia que tinha dentro de si. Se vestir com roupas femininas acaba se tornando um prazer muito maior do que o esperado.



Não li o livro e li críticas que não gostaram muito da maneira como Hooper fez com que Einar e Lili (seu lado feminino), parecessem duas coisas distintas. Como um caso de dupla personalidade, onde ele dorme e ela acorda para não o deixar mais voltar.
Para mim, tudo passou de uma maneira de Einar deixar claro para Gerda que, agora, ele seria Lili pois sabe que deve ser quem sente que é, sem mais mentiras ou escondendo o que sente.
Eddie Redmayne está absurdamente incrível no papel de Einar/Lili. Toda sua maneira de se mover, falar, as pequenas piscadas... Eddie consegue fazer pequenos gestos terem uma importânica enorme em cena.
Mas, não podemos deixar de notar o papel incrível que Alicia Vikander assume, por toda a força que ela dá ao marido, por simplesmente amá-lo da maneira que ele é. Gerda tira forças de dentro de si, apesar de ter seus altos e baixos, receios e felicidades... para o ajudar a superar tudo, desde o que se é considerado doença até a grande transformação.



Sobre o Oscar, o filme está indicado nas categorias de Melhor Ator (Eddie Redmayne), Melhor Atriz Coadjuvante (Alicia Vikander), Melhor Design de Produção e Melhor Figurino, A Garota Dinamarquesa, de Tom Hooper, é uma das apostas para algumas estatuetas.

A Garota Dinamarquesa estreia no Brasil pouco antes da cerimônia do Oscar, em 25 de fevereiro de 2016.




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: